Hospital de quarentena de Suzano será prorrogado por mais um mês, mas com redução gradativa no número de leitos
Foto: Irineu Jr/Secop

Hospital de quarentena de Suzano será prorrogado por mais um mês, mas com redução gradativa no número de leitos

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, por causa da diminuição da quantidade de casos na cidade, a unidade atuará com 50% da capacidade a partir deste sábado (1º) e, depois, haverá redução gradativa do número de leitos.

O Hospital de Quarentena montado na Arena Suzano, no Parque Max Feffer, será prorrogado por mais um mês, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde. A unidade completa três meses nesta quinta-feira (30) e funcionará por mais 30 dias, mas com redução no número de leitos.

A partir de sábado (1º), a unidade vai atender com 50% da capacidade por causa da diminuição do número de casos da doença na cidade, segundo a secretaria, e haverá redução gradativa no número de leitos, conforme demanda e análise do cenário municipal e regional.

A partir deste sábado, o Hospital de Quarentena passará a atuar com 40 leitos de enfermaria – antes eram 70 – e os dez semi-intensivos com respiradores, que serão mantidos. Segundo o boletim epidemiológico, nesta última semana, a unidade registrou uma média de 12% de taxa de ocupação. Em maio, este índice era de 50%.

O secretário municipal de Saúde, Luis Claudio Guillaumon, explica que a decisão foi resultado de um estudo técnico realizado pelo Comitê da Saúde de Enfrentamento à Covid-19. “Resolvemos prorrogar o prazo por mais um mês para que a Prefeitura continue a atender os casos existentes durante a pandemia. A demanda diminuiu, mas infelizmente ainda não zeramos e vamos oferecer esse suporte à população conforme seja necessário”, disse.

Em 90 dias de funcionamento, o Hospital de Quarentena teve 222 pacientes atendidos, sendo que 153 (69%) tiveram alta e 7 morreram (3,15%). Até o final de julho, houve 46 pacientes internados na ala avançada. Além disso, 112 profissionais da Saúde chegaram a atuar no local.

A cidade ainda conta com uma reserva preventiva de dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em uma rede privada. Além disso, o município conta com o respaldo do Hospital Auxiliar das Clínicas de Suzano, do governo estadual, e do Pronto-Socorro Municipal (PS), com setores dedicados a pacientes diagnosticados com a doença.

Suzano tinha registrado até esta quarta-feira (29) 180 mortes por Covid-19.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Fechar Menu