HOMENAGEM – Cozinheira que ajudou a salvar alunos será ‘Servidora do Ano’
Foto: Sabrina Silva/Diário de Suzano

HOMENAGEM – Cozinheira que ajudou a salvar alunos será ‘Servidora do Ano’

A merendeira Silmara Cristina Silva de Moraes, conhecida por ajudar a salvar crianças durante tragédia na Escola Estadual Professor Raul Brasil, foi indicada pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Suzano ao prêmio de “Servidora Executiva do Ano”. A premiação será no dia 6 de dezembro.

É um reconhecimento pela trajetória que Silmara trilha como servidora pública na cidade e pela atitude que a cozinheira teve durante o massacre, ocorrido em março desse ano, ao abrir as portas da cozinha para que vários alunos adentrassem – ação que certamente salvou várias vidas naquela manhã.
A premiação acontecerá no dia 6 de dezembro, a partir das 19 horas, nas dependências da Câmara Municipal de Suzano.
Silmara concedeu entrevista ao Diário de Suzano na manhã desta quinta-feira, 10, e falou que está feliz pelo reconhecimento, mas que não se considera uma heroína como vem sendo dito. “Foi um ato de amor, e eu fico feliz e honrada, mas sei que aquele ato não foi como muitos têm falado”, conta.
Ela continuou dizendo que questiona a atenção que recebe em comparação às outras duas cozinheiras que estavam no dia, Sandra Aparecida Ferreira e Lizete Alves dos Santos – esta última se aposentou recentemente. “Somos três, e cada uma tomou uma atitude. Tem hora que eu fico questionando, porque às vezes eu me sinto mal, por falar sobre mim. Eu não estava sozinha e em todas as entrevistas sempre falo ‘nós’. Eu as levo para onde for”, conta.
Presidente do Sindicato diz que é necessário fazer o reconhecimento
O prêmio de “Servidor Executivo do Ano de 2019” será entregue a Silmara Cristina Silva de Moraes, em solenidade que acontecerá no dia 6 de dezembro, às 19 horas na Câmara Municipal de Suzano.
A indicação da merendeira que salvou várias crianças durante o massacre no Raul Brasil foi feita pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Suzano. Ela foi a escolhida entre os cerca de 5,6 mil servidores de Suzano, e receberá uma placa de “honra ao mérito” como prêmio.
Durante entrevista ao Diário de Suzano,o presidente do sindicato Claudio Aparecido dos Santos, o Ted, explicou os motivos que levaram a associação a escolher Silmara. Ele diz que a postura no trabalho e a reação ao escutar os tiros fazem de Silmara uma pessoa exemplar. “Houve uma comoção geral por conta do acontecimento, e como ela é servidora municipal há vários anos trabalhando na área, temos que reconhecê-la”, afirmou.
O Secretário Geral do sindicato, Carlos Amaro, o Grillo, destacou a reação de Silmara ao receber a notícia. “Quando liguei para ela, a primeira coisa que me falou era que homenageássemos mais pessoas. A aura dela parece que traz tranquilidade”, destacou.
Ted disse que Silmara é uma personalidade que tentou ajudar os servidores e as crianças e que, por isso, é uma pessoa importante para o município. “Toda a população deve conhecer a servidora que estava disponível para o seu trabalho, não só como merendeira. Isso nos levou a gratificá-la pelo período que está como cozinheira e pelo bom trabalho como cidadã do município”, disse.
O presidente reforçou a importância de Silmara para a categoria ao dizer que a cozinheira representou “todos os servidores de Suzano”, e que ela fez “além da função dela”. “Salvou várias vidas. Queríamos agraciá-la com esse prêmio”, falou.
Com informações: Diário de Suzano
Fechar Menu