Hemocentro de Suzano vive busca por doadores de sangue
Foto: Google

Hemocentro de Suzano vive busca por doadores de sangue

No momento, o armazenamento dos tipos O+ e O- estão zerados

O estoque de sangue do Hemocentro de Suzano está zerado e a situação preocupa a direção da instituição. No momento, o armazenamento dos tipos O+ e O- estão zerados. Segundo a responsável pela controladoria do hemocentro, Verena Isabelle, em caso de emergência, há riscos de o hemocentro não conseguir atender aos pacientes.
“Não temos um padrão ideal de estoque, a necessidade é sempre de acordo com o tamanho da demanda, por isso é sempre importante que tenhamos um bom número, para conseguirmos atender casos de emergências. No momento, o que mais estamos necessitando é o tipo sanguíneo O+ e O-, que são usados em emergências”, ressalta Verena.
A responsável pela controladoria do hemocentro relembra o massacre da escola Raul Brasil, ocorrido em março de 2019, quando as demandas pelos estoques de sangue aumentaram de repente. “Quando teve o massacre, de uma hora para outra precisamos de uma grande quantidade. Se hoje tivermos alguma emergência, estaremos com os estoques zerados”, complementa.
Apesar de realizar a coleta de sangue seguindo todos os protocolos sanitários, a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) foi um dos motivos para a queda no nível de estoque. “Quando começou a pandemia, muitas pessoas estavam com medo de vir doar, por conta dos riscos. Agora estamos percebendo que esse medo não existe mais, quem vem doar, percebe que é um lugar seguro e todos os protocolos sanitários estão sendo seguidos”. O DS visitou o hemocentro na manhã desta segunda-feira (30), e conferiu que há disponibilização de álcool em gel em todo o prédio. Além disso, os atendimentos estão sendo realizados com horário agendado, justamente para evitar aglomeração. Também é obrigatório o uso de máscara facial e manter o de distanciamento de um metro entre um doador e outro.
“Tem dias que chegam muitas pessoas ao mesmo tempo, além da espera pelo atendimento ser maior, também acaba aglomerando, o que não é recomendado. Então o ideal é que os doadores realizem o agendamento prévio antes de virem ao hemocentro”, recomenda Verena.
Os interessados podem realizar o agendamento e tirarem dúvidas sobre a doação através do telefone (11) 4752-9999. O hemocentro está localizado na Avenida Antônio Marques Figueira, 1862, na Vila Figueira, em Suzano.
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu