Hemocentro de Suzano espalha faixas pedindo doação de sangue

Queda inesperada de doações motivou campanha.
Faixas podem ser vistas em outros pontos da cidade.

suzano

Depois de registrar queda de cerca de 40% nas doações de sangue em outubro, o Hemocentro Transfusão de Suzano pendurou um pedido de ajuda em frente à Santa Casa. Quem passa pela Avenida Antônio Marques Figueira se depara com uma faixa, alertando sobre a falta de sangue no pronto-socorro.

A faixa é parte de uma campanha do Hemocentro e pelo menos outros oitos pontos da cidade estão com o aviso. De acordo com a encarregada da recepção, Juliana Candido Salvador, a ideia de pendurar faixas pela cidade surgiu depois que o Hemocentro registrou uma queda inesperada de doações.

“A queda nas doações acontece normalmente em julho e dezembro, mas no mês passado caiu de uma forma inesperada. Só para se ter uma ideia, em dias normais, recebemos de 50 a 60 doadores, em outubro, por dia, passaram por aqui de 30 a 40 pessoas. Foi então que resolvemos fazer a campanha porque geralmente quando divulgamos a necessidade, as doações voltam ao normal”, conta.

A encarregada destaca ainda que os tipos sanguíneos que mais estão em baixa no estoque são o O+ e O-, por serem doadores universais. Com a divulgação, segundo a encarregada, a expectativa é que o estoque seja elevado.

“Sempre que fazemos campanhas, principalmente com igrejas, o número de doadores aumenta de forma considerável. Então esperamos que nas próximas semanas o estoque fique abastecido”.

Juliana lembra que caso os doadores se organizem em grupos é preciso agendar um dia para fazer as coletas. Já de forma individual, as doações podem ser feitas de segunda-feira a sábado.

Os pré-requisitos são ter entre 16 e 69 anos, apresentar documento de identidade original, ter dormido pelo menos seis horas, ter acima de 50 quilos, não pode estar em jejum, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas e não ter feito tatuagem no último ano. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados dos pais ou apresentarem uma declaração preenchida, que é fornecida pelo Hemocentro.

“Assim que o doador se apresenta é feita uma triagem, onde ele responde um questionário e, em seguida, vai para a coleta. No final, servimos um lanche. Todo esse processo dura, em média, 50 minutos”, explica.

Moradores de todas as regiões podem doar no Hemocentro de Suzano. O estoque é utilizado em unidades de saúde de todo Alto Tietê. Juliana lembra ainda a importância de doar.

“Uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas. Além de fazer bem para quem doa a satisfação de salvar vidas é a maior recompensa”, conclui.

As doações podem ser feitas diretamente no Hemocentro de Suzano de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 15h, e aos sábados, das 8h às 12h. O endereço é Avenida Antônio Marques Figueira, 1.861, Centro. Informações pelo telefone 4752-9999.

Com Infomações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu