Harvard elege Rihanna como ‘humanitária do ano’

A cantora foi eleita pela principal universidade do mundo graças ao seu projeto estudantil que financia bolsas para que alunos latino-americanos estudem em universidades dos Estados Unidos, inclusive brasileiros.

Poderosa! Rihanna foi anunciada na manhã desta quinta (23) como a “Humanitária do Ano” de 2017 pela Harvard. A cantora foi eleita pela principal universidade do mundo graças ao seu projeto estudantil que financia bolsas para que alunos latino-americanos estudem em universidades dos Estados Unidos.

O projeto recebe o nome de Programa de Bolsas de Estudo da Fundação Clara e Lionel, em homenagem a seus avós, e foi criado no ano passado. O programa oferece bolsas de estudos que podem variar de 5 a 50 mil dólares.Dentre os sete países contemplados, está o Brasil.

Além do financiamento, a cantora ainda criou outros projetos filantrópicos, todos custeados pela sua Fundação Clara e Lionel, que existe desde 2012. Dentre eles, está a construção Centro de Oncologia e Medicina Nuclear, em Barbados,sua terra natal, que oferece diagnóstico gratuito para mulheres com câncer de mama.

O título será dado à cantora durante uma cerimônia oficial, que acontecerá em Harvard no dia 28 de fevereiro.

Além da honraria humanitária, Rihanna tem ainda mais motivos para comemorar. A cantora bateu o recorde de Michael Jackson ao alcançar o top 10 da Billboard pela 30ª vez (!) em sua carreira, com o hit “Love On The Brain”.

Fonte: Cifra Club

Deixe uma resposta

Fechar Menu