Governo apoia retomada do Conselho de Promoção e Igualdade Racial
Foto: Irineu Jr/Secop

Governo apoia retomada do Conselho de Promoção e Igualdade Racial

O secretário de Governo de Suzano, Alex Santos, participou de uma reunião com representantes de entidades que buscam a igualdade racial e o fim do racismo.

O encontro ocorreu no último sábado (16/01) no Pavilhão Zumbi dos Palmares, no Parque Max Feffer. Na ocasião, o chefe da pasta oficializou o apoio e o incentivo da administração municipal à retomada do Conselho de Promoção da Igualdade Racial na cidade.

Houve a participação de integrantes da União de Negras e Negros Pela Igualdade (Unegro); Coletivo Milton Santos, CPD Negro Sim; Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) Coletivo Antirracismo; Matrizes Africanas; Central Pró-Moradia Suzanense (Cemos); Pastoral Afro-Brasileira; e movimentos estudantis.

De acordo com o presidente da Unegro, Edson Pereira, o Conselho de Promoção da Igualdade Racial foi implantado na cidade em 2012, por meio da lei municipal nº 4.332/09, que dispõe sobre a política municipal de promoção da igualdade racial. Pereira explicou que, com o apoio do atual governo e da sociedade civil, será possível reconstruir o conselho e fazer a diferença. Segundo o presidente, o grupo está em busca também de outras etnias menos favorecidas, como indígenas, judeus e ciganos, para fazerem parte desta luta.

O grupo já esteve anteriormente em reunião com o prefeito Rodrigo Ashiuchi e este foi a primeiro encontro de 2021. O secretário frisou que o governo está à disposição deste debate tão importante para a sociedade e, assim, ajudar e somar nesta causa. Alex se diz feliz ao ver tanta gente reunida em prol deste objetivo, principalmente com a presença de muitos jovens.

Estiveram presentes também o vice-presidente da Unegro, Edgar Ferreira; o presidente da CPD Negro Sim, Cosme Nascimento; e representantes das Matrizes Africanas, Valdeline Eloisa da Cruz; da Central Pró-Moradia Suzanense (Cemos), Lídio Ferreira; da Pastoral Afro-Brasileira da Diocese de Mogi das Cruzes, Ivonete Gonçalves da Silva; da Apeoesp Coletivo Antirracismo, Milton Santos, Inês da Silveira; da União Estadual dos Estudantes (UEE); e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES).

Com Informações: Secop

Fechar Menu