Gino consegue na justiça direito de usar nome da dupla Gino & Geno com o novo parceiro

Gino consegue na justiça direito de usar nome da dupla Gino & Geno com o novo parceiro

Antigo integrante que saiu em dezembro queria vetar uso do nome da dupla

O Tribunal de Justiça de Mina Gerais determinou que Sebastião Ribeiro de Almeida, o Gino, e Mauro Avante, que agora se tornou Geno, possam utilizar o nome da dupla Gino & Geno para fazer shows pelo país. Desde o começo do ano, Geraldo Alves dos Santos, o antigo integrante Geno, entrou com liminar para proibir uso do nome pelos atuais cantores.

Em dezembro do ano passado, Geraldo anunciou a saída da dupla após 48 anos de parceria. O cantor chegou a publicar um vídeo nas redes sociais com o aviso, mas disse que Gino iria ‘continuar com um parceiro que é da família’.

O cantor mudou de ideia logo após o anúncio e quis vetar o uso do nome da dupla, que já fez quatro shows e produziu músicas inéditas. O empresário da dupla, Wagner Tadeu de Paula, disse que o escritório agora processa o antigo Geno e pede R$ 9 milhões por danos causados. “A gente teve prejuízo porque a partir do momento em que ele anuncia na mídia e para o Brasil que estava saindo, a gente parou de faturar com contratantes”, afirmou.Wagner também reclamou que o cantor deixou a empresa “na mão” com a agenda lotada.

Com Informações: Movimento Country

Fechar Menu