Filho de Marciano faz desabafo em seu instagram

Filho de Marciano faz desabafo em seu instagram

Fabiano Martins, filho do cantor Marciano usou as redes sociais para fazer um desabafo sobre a morte do pai. Fabiano foi barrado no velório.

Marciano sofreu infarto na madrugada desta sexta-feira (18/1), aos 67 anos de idade, em São Caetano do Sul (SP). O cantor Fabiano Martins, foi a público e lamentou a morte do pai, mesmo após desentendimentos na Justiça.

Em seu Instagram, Martins declarou que eles não tinham uma boa relação, mas prestou homenagem ao veterano artista mesmo assim. “Todos que me conhecem sabem da péssima relação que eu tinha com meu pai, mas estou triste com essa notícia”, escreveu o filho de Marciano.

 

Fabiano foi barrado no velório

Fabiano Martins, filho do cantor sertanejo Marciano, morto nesta sexta-feira, 18, alegou ter sido barrado no velório do próprio pai. Os dois já passaram por disputas judiciais no passado.

“Infelizmente, hoje eu fui ao velório do meu pai e barraram a minha entrada”, desabafou Fabiano em um story no seu Instagram.

“Fui até o velório e infelizmente a esposa dele não liberou a minha entrada alegando que eu não era bem vindo e que não poderia chegar perto dele… Sim… Fazer o que, né? Deus sabe o que faz”, concluiu.

Segundo comunicado divulgado pela equipe do cantor Marciano, seu velório foi aberto ao público e ocorreu na Câmara Municipal de São Caetano do Sulnesta sexta-feira, 18.

 

Relação entre o cantor Marciano e seu filho, Fabiano Martins

Mas foi o caso entre Fabiano e Marciano que chamou atenção do público em 1997, com a realização de um exame de DNA em programa apresentado por Ratinho. Ao longo dos anos seguintes, o tema foi explorado por diversas atrações televisivas. Em 2016, Marciano chegou a mover um processo contra o próprio filho.

Além disso em entrevista ao Superpop em junho de 2018, Fabiano chegou a declarar: “Nem de pai dá para chamar mais ele [Marciano]. Pede R$ 20 mil de indenização em vez de pedir perdão para mim, recorre, e vai perder de novo. Depois que me tornei herdeiro, ele pegou mais ódio ainda. Nunca fui atrás de um real do meu pai, mas não vou abrir mão da herança. Eu tenho o mesmo direito da filha dele.”

Com Informações: Movimento Country

Fechar Menu