Filha de Michael acredita que o pai foi assassinado

Paris Jackson falou sobre a morte do cantor em primeira entrevista

Paris Jackson em sua primeira capa de revista

Paris Jackson, a filha de Michael Jackson, está na capa da nova edição da revista Rolling Stone, com sua primeira grande entrevista, em uma matéria intitulada “Paris Jackson: A Vida Após Neverland”.

A garota de 18 anos abriu o coração sobre a perda do pai. “Dizem que o tempo cura, mas não é verdade. Você apenas se acostuma. Eu vivo a vida com a mentalidade de ‘ok, perdi a única coisa que era importante para mim’, então, seguindo em frente, nada pode ser tão ruim quanto foi antes. Então, posso lidar com isso. Eu o sinto comigo o tempo todo”, disse.

Ela também afirmou estar convencida de que o Rei do Pop foi assassinado. “Absolutamente. Todos os indícios apontam para isso. Soa totalmente como uma teoria da conspiração e uma besteira, mas os faz reais e todos da família. Foi uma armadilha. Um monte de gente (queria matar Michael)”, falou.

Entre suas mais de 50 tatuagens espalhadas pelo corpo, está a capa do álbum Dangerous, do pai, e uma escrita à mão dele dizendo “queen of my heart” (rainha do meu coração, em português). Homenagens a John Lennon, David Bowie e Prince também estão entre os desenhos.

Fonte: Portal Band

Deixe uma resposta

Fechar Menu