Feriado do padroeiro terá missa, procissão e quermesse

Feriado do padroeiro terá missa, procissão e quermesse

Programação para celebrar o dia de São Sebastião tem início na quinta-feira. Feriado será no sábado

Neste sábado, dia 20, será comemorado o dia  de São Sebastião, o padroeiro de Suzano. Para a ocasião, serão feitas diversas atividades voltadas ao festejo do padroeiro. Missas, procissão e quermesse estão na programação divulgada pela Paróquia São Sebastião (Igreja Matriz). O tradicional festejo está na sua 78ª edição. 
 
A data já vem sendo comemorada desde o dia 11, com missas especiais sempre às 19h30 na Igreja Matriz. A quermesse com shows, barracas e bingo terá seu início nesta quinta (18), a partir das 19 horas e se estenderá até o domingo (21). 
 
Para o sábado (20) a santa missa, celebrada às 7 horas, marca o início das festividades. Às 10 horas, os fiéis poderão acompanhar a procissão que começará em frente à Igreja Matriz. Os devotos vão subir a Rua Benjamim Constant, virar na Rua Portugal Freixo até a Rua General Francisco Glicério, onde irão retornar para a Praça João Pessoa para o encerramento da missa solene. A expectativa de público é de aproximadamente 2 mil pessoas para a procissão. 
 
Além disso, ainda serão realizados no dia 20, show cover do cantor Elvis Presley e missa seguida de quermesse. Para o domingo (21), uma santa missa será realizada às 19h30 seguida do último dia de quermesse e show sertanejo. 
 
A Prefeitura informou que auxilia o evento com a parte de infraestrutura. O secretário municipal de Cultura, Geraldo Garippo salienta a importância das comemorações “Preservar esta festa tradicional é muito importante porque também preserva a história da cidade, já que a data do padroeiro remete às origens de Suzano”, conta. 
 
São Sebastião 
Conhecido como o defensor da Igreja, São Sebastião, nascido em Narbonne, na França, foi um mártir e santo cristão. Ele foi morto durante uma perseguição levada a cabo pelo imperador romano Diocleciano. 
Sebastião era um soldado que teria se alistado no exército romano por volta de 283 d.C. com a intenção de afirmar o coração dos cristãos, enfraquecido diante das torturas. São Sebastião era um cristão convicto e ativo e fazia de tudo para ajudar os irmãos na fé e revelar o Deus verdadeiro aos soldados e prisioneiros.
 
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu