Estevam cobra Atividade Delegada no Alto Tietê

Estevam cobra Atividade Delegada no Alto Tietê

Em audiência com o comandante do CPAM-12, Coronel Wagner Prado, o deputado Estevam Galvão (DEM) cobrou reforço policial, mais viaturas e a inclusão das cidades do Alto Tietê no programa Atividade Delegada

Em audiência realizada ontem com o comandante do CPAM-12 (Comando de Policiamento de Área Metropolitana), Coronel Wagner Prado, o deputado Estevam Galvão (DEM) cobrou reforço policial, mais viaturas e a inclusão das cidades do Alto Tietê no programa Atividade Delegada. A ação garante, através de convênio do município com o Estado, melhor remuneração do policial militar e reforço na segurança, já que o policial trabalharia nos dias de folga mediante pagamento extra pela Prefeitura .
O comandante do CPAM-12 falou sobre a defasagem de quase 10 mil policiais militares no Estado e os concursos públicos em andamento, que colocarão em breve mais 6 mil homens nas ruas. No entanto, o percentual ainda não atenderá toda a demanda. “Tenho defendido que os municípios façam convênio com o Estado e adotem a Atividade Delegada. Eles terão mais policiamento na rua, realizado pela própria PM, com viaturas, combustível equipamentos e custos empregatícios pagos pelo Estado. A Prefeitura pagará apenas um valor adicional ao policial para ele trabalhar nos períodos de folga”, explicou.
Estevam solicitou ao comandante que notifique as prefeituras e câmaras municipais sobre o programa e os oriente sobre a adesão.
Com Informações: Portal News
Fechar Menu