Estado anuncia ampliação em 10% do Instituto de Nefrologia
Foto: Felipe Claro

Estado anuncia ampliação em 10% do Instituto de Nefrologia

Unidades de Mogi e Suzano fornecerão vagas extras para atender os pacientes, tendo o total de 1.348 vagas.

A oferta de vagas para tratamento dos pacientes que necessitam de hemodiálise nos Institutos de Nefrologia de Mogi das Cruzes e Suzano aumentará 10%. A informação foi passada ontem pelo secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, em visita ao Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, que apontou a construção de novos setores no local. Os institutos de Nefrologia de Mogi das Cruzes e o de Suzano fornecerão vagas extras para atender os pacientes, tendo o total de 1.348 vagas na região.
Para o secretário de Saúde de Mogi das Cruzes, Francisco Moacir Bezerra, o recurso será um grande auxílio aos moradores. “O aumento no número de vagas de hemodiálise é um ponto de extrema importância, porque dessa forma, dentro de algum tempo, não teremos mais mogianos em tratamento fora do município”, afirmou.
Sobre o Regional de Ferraz, Germann destacou que a enfermaria pediátrica do hospital terá 25 leitos de internação infantil, sendo um de isolamento, com armários, bancada de apoio e poltronas, além da reforma no setor de psiquiatria que contará com 13 leitos, sendo um de isolamento e mais a renovação de mobília e equipamentos. Uma nova recepção, com novas lâmpadas, reforma de paredes e um novo sanitário também serão construídos. O local receberá também uma reforma no centro de materiais esterilizados e uma nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica que terá 11 leitos de internação.
O chefe da Pasta afirmou que a obra será feita por meio de licitação e já possui previsão de data. “O atendimento da UTI pediátrica é de 90 dias, do Pronto Socorro Infantil irá ser mais para frente, provavelmente mais três meses, após a reforma. Nas áreas de psiquiatria, será a mesma coisa do Pronto Socorro, pois depende da reforma, não igual a UTI que não necessita da reforma para começar. Mas até o final do ano, a reforma já estará completa”, concluiu.
Hospital Luzia
Durante o anúncio, também foi apresentado um investimento para o Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi. O local receberá um novo acelerador linear, para serviços de radioterapia, que faz parte do plano de expansão do governo federal. O dispositivo está sendo instalado desde junho e deve ser concluído neste semestre.
De acordo com Germann, o governo federal fez uma aquisição de 80 aceleradores de radioterapia, em que 28 são para São Paulo. O secretário afirmou que para realizar a instalação, foi montada uma fábrica em Jundiaí.
Com Informações: Portal News
Fechar Menu