Esperando placas, Lagoa Azul permanece com acesso aberto

Risco no local persiste enquanto Prefeitura prepara material informativo que será colocado na próxima semana

s
Portão que colaborava para isolar a área foi arrancado há mais de dois meses
 
Passados quase dez dias desde a morte de um jovem de 18 anos na Lagoa Azul, em Suzano, e da promessa da Prefeitura de isolar o local, o acesso à área pública pela avenida Senador Roberto Simonsen continua aberto, no Jardim Imperador, permitindo que qualquer pessoa vá até as águas para nadar ou descartar entulho no entorno sem qualquer dificuldade.
 
A reportagem esteve no local ontem e conferiu que a grade que isolava a área, ainda que não totalmente, não foi recolocada até o momento. Com chegada da primavera e a aproximação do verão, os dias quentes se tornam mais frequentes, assim como os banhos na lagoa, formada há muitos anos em função das atividades de mineração que eram realizadas no local.
 
A equipe de reportagem esteve no local na semana passada e encontrou pessoas circulando em volta da água e outras descartando irregularmente entulho no entorno. Todos acessaram o terreno pela avenida Senador Roberto Simonsen, no trecho onde foi iniciada a obra para prolongamento da rua Sete de Setembro até a avenida Paulista. Para esse trabalho, o portão que colaborava com o isolamento do terreno foi arrancado há mais de dois meses. O problema é que as obras não avançaram, estão paralisadas, e o local segue completamente abandonado.
 
Questionada novamente, a Prefeitura de Suzano informou desta vez que as placas de aviso sobre os riscos da lagoa e que o local está fora do alcance da população já estão sendo confeccionadas pela Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana e devem ser instaladas até o começo da próxima semana. No total serão dez placas. “A Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos vai realizar a limpeza e revitalização de um ponto utilizado como acesso para veículos às margens da lagoa, impedindo este tráfego, assim como verificar outras necessidades de reparos no local. Já a Secretaria de Segurança Cidadã vai disponibilizar uma ronda da Guarda Civil Municipal (GCM) na área para coibir o acesso indevido ao local, que já estará sinalizado”. A Prefeitura não deu prazo para que essas duas últimas ações sejam realizadas.
 
Com Informações: Portal News
Foto: Juliana Oliveira

Deixe uma resposta

Fechar Menu