Em ruínas, Mirante do Sesc aguarda obra. Prefeitura diz que cabe à SPMar
Foto: Bruna Nascimento

Em ruínas, Mirante do Sesc aguarda obra. Prefeitura diz que cabe à SPMar

Administração afirma que haveria compensação por parte da empresa por conta da obra da alça do Rodoanel

Em ruínas, o Mirante do Sesc segue abandonado e nesta terça-feira (27) a Prefeitura de Suzano informou, por meio da Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação, que a área já foi indicada no Plano Diretor como de “preservação ambiental”, assim como o bairro do Sesc que foi indicado como área de “preservação histórica”.
Em relação ao projeto e aos custos, “a responsabilidade é da Concessionária SPMar”, informou a administração.
A Prefeitura informou que tem total interesse na implantação do projeto porque vai valorizar a região, além de garantir a preservação da área, destacando o valor ambiental e histórico do local.
Em janeiro de 2017, a Prefeitura buscava recursos e tentava parcerias com a SPMar para transformar o Mirante do Sesc em parque. A ideia surgiu como compensação de área ambiental, por causa do projeto de construção da alça de acesso.
A SPMar, concessionária responsável pela projeto de construção da alça de acesso do trecho leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21) com a Estrada dos Fernandes, diz que no momento “não há qualquer projeto para a realização de compensações relacionadas a obra da alça”.
A concessionária confirma que quando há um projeto de impacto ambiental, uma obra de compensação na cidade é consequente.
Entretanto, a empresa informa que não tratou do assunto da recuperação do Mirante com a Prefeitura de Suzano e que apenas a obra da Estrada dos Fernandes segue em trâmite de aprovação.
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu