Duas viaturas de resgate serão enviadas ao Alto Tietê
Foto: Governo do Estado de São Paulo

Duas viaturas de resgate serão enviadas ao Alto Tietê

Veículos fazem parte da frota de 56 viaturas entregues pelo governador João Doria (PSDB) na quarta-feira, dia 20. As cidades contempladas serão Itaquaquecetuba e Suzano.

Duas novas viaturas modernizadas de Unidade de Resgate (UR), do Corpo de Bombeiros, serão enviadas ao Alto Tietê. As cidades contempladas serão Itaquaquecetuba e Suzano. Estes veículos fazem parte da frota de 56 viaturas entregues nessa quarta-feira (20) pelo governador João Doria (PSDB), durante cerimônia na Capital. O evento contou com a participação dos secretários da Segurança Pública e da Saúde, general João Camilo Pires de Campos e José Henrique Germann Ferreira.

“Nós temos uma oportunidade que está materializada nos 56 veículos que estão aqui, veículos de resgate e salvamento, dos quais 50 viaturas atenderão a todas as regiões do Estado e seis viaturas de salvamento aquático”, disse Doria.

Para a entrega dos veículos, o Estado investiu R$ 16,9 milhões, sendo R$ 1,3 milhão pela Secretaria da Segurança Pública, para a aquisição de seis Unidades de Resgate e Salvamento Aquático (URSA), e R$ 15,6 milhões pela Secretaria da Saúde, para a compra de 60 viaturas de Unidade de Resgate (UR), das quais 50 já estão disponíveis e outras 10 serão entregues até o fim do primeiro semestre deste ano.

“Segurança Pública é uma política, que não se faz por si própria. Ela é uma matriz em que entram outros componentes, como as secretarias da Saúde, Educação, Justiça e Desenvolvimento Social. Crescemos juntos e quem ganha com isso é a população”, afirmou Campos.

Atendimento

As 56 novas viaturas entregues nesta quarta-feira (20) serão distribuídas regionalmente. Nove serão para a capital, nove para a Grande São Paulo, oito para o Litoral Norte e Sul e 30 para o interior do Estado. A distribuição das demais viaturas será definida posteriormente.

“Somos parceiros em uma missão comum de proteger e salvar vida. Ultimamente, tivemos algumas oportunidades de atuar juntos, principalmente em Brumadinho e no massacre de Suzano”, destacou Germann.

A Secretaria da Saúde adquiriu viaturas dos modelos Sprinter (Mercedes Benz), que serão utilizadas no trabalho terrestre do resgate. Os outros dez veículos – seis Unidades de Suporte Avançado, dois caminhões do tipo rollon/rolloff, uma van e uma picape – serão usados em casos mais graves e no transporte de medicamentos, alimentos, roupas, barracas e outros materiais, bem como dos profissionais.

Brigadas Comunitárias

Na ocasião, o Corpo de Bombeiros assinou uma portaria que cria o Programa de Cooperação de Bombeiros Públicos Voluntários (BPV) na Primeira Resposta às Emergências. A medida visa a expandir os serviços dos bombeiros em cidades de até 50 mil habitantes, mediante celebração de convênio entre Estado e municípios para a criação de Brigadas Comunitárias.

Com isso, os bombeiros voluntários devidamente credenciados poderão ser empregados em emergências que envolvam ações de combate a incêndios, busca, salvamento e resgate de acidentados, de acordo com as instruções da portaria e o comando de um bombeiro militar comunitário. Ao todo, 440 municípios paulistas poderão se habilitar no programa.

Bombeiro Honorário

Durante o evento, também ocorreu a entrega da bandeira do Estado de São Paulo, hasteada pelo Corpo de Bombeiros do Estado e também pelo Grau no período em que seus profissionais estiveram em Brumadinho (MG). Ao todo, 169 bombeiros paulistas, além de oito médicos e oito enfermeiros do Grau, foram enviados ao local para auxiliar nas ações de resgate e emergências após o rompimento da barragem de uma mineradora.

O Governador e o Secretário da Segurança Pública receberam, ainda, títulos de Bombeiro Honorário. Instituída pelo decreto 44.160, de 1° de dezembro de 1964, a homenagem é feita às pessoas que se dedicam ao desenvolvimento da extinção e prevenção de incêndios e salvamentos e prestam relevantes serviços ao Corpo de Bombeiros.

Prêmio Magirus

Durante a cerimônia, houve ainda a exposição do troféu e do quadro do prêmio internacional “Conrad Dietrich Magirus”, da Magirus. A premiação, em que o Corpo de Bombeiros de São Paulo saiu vencedor, aconteceu no dia 1° de março e teve como objetivo condecorar os destaques mundiais nos esforços de corporações de bombeiros de 2018.

Na ocasião, o trabalho da instituição no incêndio do edifício Wilton Paes de Almeida, em maio do ano passado, foi apontado como o melhor atendimento de ocorrências. A ação, que empenhou 1.700 profissionais, foi considerada uma das mais difíceis e perigosas efetuadas por uma equipe de Bombeiros em todo o mundo.

Com Informações: Diário de Suzano

Fechar Menu