Duas passageiras são atingidas em ataques a ônibus em Suzano e Itaquaquecetuba, diz empresa
Foto: Divulagação

Duas passageiras são atingidas em ataques a ônibus em Suzano e Itaquaquecetuba, diz empresa

Segundo a concessionária, vândalos usaram bolinhas de gude para quebrar vidros. Oito coletivos foram atingidos.

Duas passageiras tiveram ferimentos leves durante o apedrejamento de ônibus do transporte público no limite entre Suzano e Itaquaquecetuba na noite desta quarta-feira (31). Ao todo, oito ônibus foram atacados com pedras e bolinhas de gude e tiveram vidros das janelas e para-brisas quebrados. A empresa informou que opera com ônibus reservas nesta quinta-feira para não prejudicar os usuários.

Outro ataque deste tipo foi registrado em 2017.

Segundo a Radial, empresa concessionária do serviço, os ataques começaram por volta das 21h em ônibus que passaram pela estrada do Pinheirinho, da Pedreira, Avenida Guilherme Garijó e no bairro Parque Residencial Marengo. Os ônibus são de linhas municipais e intermunicipais.

Em um dos ônibus, duas passageiras foram atingidas: uma com escoriações leves e a outra com cacos de vidro nos olhos. Uma não chegou a ir para o hospital. A outra passou por atendimento médico e foi liberada. A empresa informou que fez a compra dos medicamentos necessários para a recuperação.

Em nota a empresa informou que está operando com ônibus reservas e que os coletivos apedrejados passarão por perícia. Por enquanto nenhum autor foi identificado. A empresa registrou o boletim de ocorrência na Delegacia Central de Suzano.

Em dezembro, 15 ônibus da empresa saíram de circulação após ataque em Suzano.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Fechar Menu