DNA prova que Iglesias teve filho fora do casamento

Há mais de 30 anos, Javier Sánchez tentava provar paternidade

Julio teria se envolvido com cantor com bailarina portuguesa

Um teste de DNA revelou que Javier Sánchez tem 99,9% de possibilidade de ser filho do cantor espanhol Julio Iglesias, 73 anos, informaram os advogados de Sánchez nesta quinta-feira, dia 6. O índice é o mais alto possível em um exame do tipo.
    
O homem, que atualmente tem 41 anos, luta há mais de 30 anos para provar que é filho de Iglesias, fruto de um relacionamento do cantor com a bailarina portuguesa Maria Edite Santos.
    
No entanto, o artista conseguiu impedir na Justiça que Sánchez fizesse o exame para comprovar a paternidade. Agora, o teste pode finalmente ser feito em Miami, nos Estados Unidos, onde o homem mora atualmente.
    
O caso teve grande destaque na mídia portuguesa no início dos anos 1990, quando a bailarina revelou, em uma coletiva de imprensa, que seu filho com então 16 anos, nasceu de uma relação que teve com o cantor.
    
O então adolescente foi concebido em 1974, período em que Iglesias era casado com Maria Isabel Preysler, e nasceu em 19 de julho de 1975. A mãe começou, então, uma batalha jurídica para poder fazer o exame de DNA, mas nunca tinha conseguido.
    
Seu filho, por sua vez, tentou seguir a carreira do pai e até lançou algumas músicas – mas não conquistou sucesso. Agora, Sánchez espera o reconhecimento formal do pai.
    
Assim que for reconhecido, ele se tornará o nono filho de Iglesias, que é pai de Enrique, Julio José e Chabeli, do casamento com Preysler, e de Miguel Alejandro, Rodrígo, Victoria, Cristina e Guillermo de seu atual matrimônio com Miranda Rijnsburger.

Fonte: Portal Band

Deixe uma resposta

Fechar Menu