Dezenove em cada 100 pacientes deixam de comparecer às consultas em Suzano

Faltas provocam uma série de problemas para o sistema de saúde, afirma secretaria

Pelo menos 19% dos pacientes de Suzano não comparecem aos agendamentos de consultas. Isso significa que, 19, em cada 100, faltam. A situação preocupa a Secretaria de Saúde.
O alto percentual de faltas às consultas ocorre todos os anos, especificamente neste ano, o número é ligado também à insegurança dos pacientes em ir aos postos de saúde, já que os índices de contaminação pelo novo coronavírus permanecem altos, e o país vive uma possível segunda onda de transmissão.
A cidade de Suzano conta com 24 UBS’s. Entre os atendimentos que apresentam faltas, estão; clínico geral com 11%, pediatria – 18.5% e ginecologia – 19%. Segundo a Prefeitura, as consultas são agendadas dentro do mês, de forma presencial.
No mesmo dia, o paciente recebe um cartão contendo as informações com data e horário da consulta, como forma de auxiliar e justamente evitar prováveis faltas.
Na ausência do paciente à consulta agendada, as vagas são repassadas para atendimentos de urgência, os conhecidos “encaixes”. O não comparecimento provoca uma série de problemas, como o prolongamento nos agendamentos eletivos e, consequentemente, uma demanda reprimida.
A Prefeitura de Suzano recomenda que os pacientes se atentem às datas do agendamento e, em caso de dúvidas, os mesmos devem ligar em sua unidade de referência para confirmar o agendamento.
Ausências Diárias
A falta de pacientes nas consultas acontece todos os dias nos consultórios médicos, muitas vezes os pacientes dependendo do convênio demoram dias para conseguir consulta, esse prazo poderia ser bem menor se fosse avisado com antecedência, pois daria para comunicar outros pacientes para conseguir antecipar.
Então, pacientes que marcam suas consultas e, por algum motivo, não aparecem no consultório acarretam prejuízos não apenas a si próprios, mas também ao médico e aos outros pacientes, pois aquele espaço poderia ser preenchido por outra pessoa, segundo médicos.
Prejuízo
Além de prejudicar outros pacientes o não comparecimento acarreta prejuízos por gerar vários horários ociosos na agenda.
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu