Contribuintes de Suzano terão desconto de 5% no pagamento da parcela única do IPTU de 2017

 Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças não fixou ajuste real, sendo o mesmo corrigido somente pela inflação

A Prefeitura de Suzano vai oferecer um desconto de 5% na quitação da parcela única (à vista) do Imposto Sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) no exercício de 2017. O desconto terá validade até dia 15 de março (quarta-feira), sendo o pagamento improrrogável. Para este ano, a Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças não fixou ajuste real. Os valores apenas foram corrigidos com base na inflação. No total, serão emitidos 115 mil carnês a partir da primeira quinzena de fevereiro.

Estão isentos do pagamento contribuintes com idade superior a 60 anos, que têm um único imóvel com metragem inferior a 150 metros quadrados e renda familiar de até quatro salários mínimos. A meta de arrecadação do IPTU de 2017 é de R$ 71,3 milhões. Os suzanenses que queiram tirar dúvidas ou obter mais informações sobre o imposto podem se dirigir até o Centro Unificado de Serviços (CUS), localizado na esquina das ruas Paulo Portela e Paulo Alfredo Hilbert, no centro da cidade, ou entrar em contato pelo telefone (011) 4745-2010.

A partir de março, a administração municipal vai atender o cidadão suzanense para a atualização cadastral de imóveis. Para o recadastramento, é necessário que o contribuinte vá até o Protocolo do CUS e informe o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou o do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ). A medida é necessária para a execução do procedimento por meio de sistema bancário.

Além do IPTU, também estão sendo postados dentro das próximas semanas os carnês do Imposto Sobre Serviços (ISS) fixo (6,5 mil lançamentos) e da Taxa da Licença (8 mil lançamentos), conforme observa o chefe da pasta de Planejamento e Finanças, o engenheiro Itamar Corrêa Viana:

“Neste momento, estamos acertando os detalhes dessa fase de emissão. O contribuinte terá a oportunidade do desconto a partir do pagamento à vista, ou poderá parcelar no decorrer do ano. Lembrando que é fundamental para os próximos anos que se faça a atualização cadastral. Esse trabalho estará disponível a partir de março. Ano que vem, será preciso incluir os números do CPF ou do CNPJ no processo, em razão do sistema bancário”, frisou o secretário municipal do governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi.

Os recursos do IPTU são aplicados na pavimentação de ruas, em obras de infraestrutura, em iluminação pública, em construção, em reforma e na ampliação das escolas e creches, bem como na execução de projetos habitacionais para a população de baixa renda, construção de Unidades Básicas de Saúde (UBSs), recuperação de estradas, programas de assistência social, projetos culturais e incentivos à Educação, ao Esporte e ao Lazer:

“Deste modo, o imposto predial é uma das principais fontes de arrecadação municipal e tem uma função social muito importante, pois, são com esses recursos que a administração municipal pode executar obras e serviços para a população”, complementa Viana.

Fonte: SECOI

Deixe uma resposta

Fechar Menu