Comerciantes de Suzano criam vagas para candidatos que ficaram de fora da seleção da Frente de Trabalho

Na semana passada, quase 3 mil candidatos se inscreveram para 40 vagas. Comerciantes analisam currículos para incluir candidatos no mercado de trabalho.

A iniciativa de comerciantes e empresários de Suzano vai ajudar os candidatos que se inscreveram na Frente de Trabalho. Quase três mil pessoas procuraram a Prefeitura pra participar da seleção no mês passado. E tem estabelecimento da cidade interessado nesses currículos pra dar uma chance para quem está atrás de emprego.

Faz um mês que a empresária Poliana Lima está procurando alguém para preencher uma vaga na loja dela, no shopping de Suzano, mas não está fácil encontrar o novo funcionário. “O grande problema do trabalho é que a pessoa as vezes quer um horário fixo e sair pra casa mais cedo. O horário de trabalho, com fechamento da loja as 23h e encerramento até as 23h30, tem essa dificuldade. Além disso, não tem como fixar o horário.”

Na semana passada, a empresária soube que formou fila no Ginásio Paulo Portela, com candidatos interessados em trabalhar na Frente de Trabalho de Suzano. Chamou atenção o fato de terem sido quase 3 mil inscritos pra só 40 vagas, por isso, a Poliana resolveu procurar a prefeitura.

“A gente sabe que apesar do perfil que eles solicitaram não bate muito com o nosso, existe a possibilidade de algumas pessoas que estão no cadastro terem interesse na nossa vaga. Também é uma forma de prestigiar o público de Suzano.”

Segundo o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Claudinei Galo, quatro empresários já procuraram a administração municipal interessados em currículos. Somando todas as oportunidades, dez vagas podem ser preenchidas com candidatos que ficaram de fora da Frente de Trabalho. “A secretaria de Assistência, junto com o Desenvolvimento Econômico, vai procurar os empresários para analisar o perfil desses trabalhadores inscritos e encaixá-los no mercado de trabalho. ”

Pra quem está desempregado em Suzano, a boa notícia é que no acumulado de janeiro a maio desse ano, o saldo de postos de trabalho foi positivo. Foram 7.820 contratações contra 7.439 demissões, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Em um cenário ainda de crise econômica, isso pode ser reflexo do esforço de empresas da cidade em diversificar o campo de atuação. É o caso de uma gráfica. “Esse ano estamos agregando mais um segmento da empresa, no setor promocional, e estamos começando para o segmento de embalagens também. Como é diferente, são outros equipamentos, precisamos de mais gente na produção ”, explicou o empresário Rodrigo Guarizo.

Com o novo segmento, Rodrigo diz que precisa de dois novos funcionários. E o empresário tambem quer dar chance pra quem não for selecionado na Frente de Trabalho. “A gente sabe que a quantidade de gente tem para poucas vagas, ia mesmo sobrar currículos. Quando abrimos uma proposta o mercado de emprego recebemos pouco material. Passamos algumas especificações, recebemos alguns, abrimos o processo seletivo e estamos analisando”, completou.

Funcionário veterano, o impressor Jesus de Oliveira está animado. Quer ver logo os novos colegas na empresa. “Seria muito bom. Temos máquinas pra isso, todo mundo trabalha com amizade. Quanto mais gente vier trabalhar, melhor.”

A Prefeitura de Suzano disse que a análise para a seleção da Frente de Trabalho deve terminar ainda essa semana. Na próxima, vai ser feita a convocação. As atividades devem começar no dia 7 de agosto.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu