Campus Party doa 230 barracas do evento para acolhimento emergencial em SP

A Campus Party, um dos maiores eventos do mundo, focado em universo digital, inovação e criatividade, conseguiu arrecadar um item muito simples, mas de grande importância na hora do aperto.

Depois da 10ª edição da feira tecnológica acontecer, a Campus Party doou 230 barracas usadas pelos participantes do evento para servirem de acolhimento emergencial em São Paulo, através de uma parceria com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS).

A medida vai servir de apoio para pessoas em situação de vulnerabilidade e moradores de rua, que muitas vezes passam perrengue em meio às surpresas do caos urbano. A ideia não é disponibilizar as barracas para moradia e sim para suprir demandas repentinas como baixas temperaturas e chuvas de verão. garantindo não só uma forma de proteção, mas também de privacidade em um ambiente coletivo.

A iniciativa partiu da secretária Soninha Francine e do secretário municipal de Inovação e Tecnologia, Daniel Annemberg, que foram até o palco da Campus Party fazer o anúncio da novidade. A solução é paliativa para quem será encaminhado às repúblicas sociais ou centros de acolhida, como o Família em Foco na região da Casa Verde, onde atualmente estão 15 famílias em situação de alta vulnerabilidade recebendo assistência.

O evento, com programação intensa de 24 horas de duração, reúne até 6 mil barracas de visitantes que acampam dentro do local. Foi montado então um posto para arrecadar as doações e, ao final, foram deixadas apenas 230 unidades, embora estas farão uma grande diferença na hora de ajudar o próximo.

Com Informações: Razões para Acreditar

Deixe uma resposta

Fechar Menu