Câmara de Suzano fará campanha nas redes sociais contra trotes ao Samu
Foto: Ricardo Bittner

Câmara de Suzano fará campanha nas redes sociais contra trotes ao Samu

A Câmara de Suzano realizará uma campanha nas redes sociais contra os trotes ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192).

A proposta foi feita pelo presidente da Casa de Leis, Leandro Alves de Faria (PR), o Leandrinho, durante a audiência pública da Secretaria de Saúde no último dia 27 , referente ao terceiro quadrimestre de 2017, no plenário do Palácio “Deputado José de Souza Candido”.

“É uma sugestão para que o Legislativo ajude para minimizar este problema. A ideia é fazer uma campanha nas redes sociais para que seja um movimento para o bem”, afirmou Leadrinho durante a audiência.

O trote, que é uma brincadeira com o intuito de enganar quem atende ao telefone, é um dos problemas enfrentados pelo Samu 192, serviço que envia ambulâncias para atendimento médico de urgência. A questão foi um dos problemas relatados pelo secretário de Saúde Luís Cláudio Rocha Guillaumon, que fez a prestação de contas referente aos meses de setembro a dezembro de 2017 aos vereadores. Das 13.270 chamadas recebidas pelo serviço, 1.914 foram trotes. Outras 4.416 foram engano.

O Samu possibilitou o envio de ambulância de suporte básico em 3.387 casos e de 390 casos de suporte avançado. Outras 2.960 ligações foram de finalidade administrativa.

De acordo com Guillaumon, foram realizados no período 1.554.903 procedimentos na atenção básica (unidades básicas de saúde e Estratégia Saúde da Família), na média e alta complexidades e no serviço hospitalar do município.

Guillaumon também apresentou dados comparativos entre os anos de 2016 e 2017. Segundo ele, houve um aumento de 19,9% na produção da Secretaria de Saúde em 2017. “Foi um aumento sem ter gastos, o que prova que houve muita gestão, muita conversa, mutirões”, detalhou. “Está muito bom, mas dá para melhorar mais”, complementou.

Após a explanação, Guillaumon respondeu a perguntas dos vereadores e do público presente. Entre os assuntos levantados pelos parlamentares está a proposta de se fazer um mutirão descentralizado de vacinação contra a febre amarela, além de se ampliar o horário disponível para vacinação nos postos de saúde, possibilitando que pessoas que trabalham durante o dia tenham acesso à vacina.

Alguns vereadores também questionaram sobre o andamento das obras da Unidade Básica de Saúde do Jardim Revista, que segundo Guillaumon será retomada este ano; de reforma da Unidade Básica do Jardim Monte Cristo; que para o secretário precisa ser totalmente reformulada. O secretário ainda foi questionado sobre filas na Unidade Básica de Saúde da Vila Fátima e da Casa Branca, sobre recursos para o serviço de castração no município e sobre a presença de uma ambulância para atendimento na região de Palmeiras.

Com Informações: Câmara Municipal de Suzano

Fechar Menu