Câmara de aprova moção de apelo para diminuir preço dos combustíveis
Foto: Ricardo Bitnner

Câmara de aprova moção de apelo para diminuir preço dos combustíveis

O documento será enviado ao presidente Temer

A Câmara de Suzano aprovou na sessão ordinária de ontem (23) a moção de apelo que solicita o estudo de viabilidade de redução das taxas e tributos incidentes nos combustíveis. A ideia é diminuir o preço da gasolina, álcool e diesel. A autora da propositura é a vereadora Gerice Lione (PR), a esposa do Prefeito da Academia.

Nos próximos dias, a moção de apelo será enviada ao presidente do Brasil, Michel Temer (MDB). “Depois que o Temer assumiu, a gasolina já aumentou umas quatro vezes. Vendemos este combustível para a Bolívia por R$ 1,59 o litro. Não faz sentido o brasileiro pagar quase R$ 5 reais pela mesma quantidade”, criticou.

O vereador Edirlei Junio Reis (PSD), o professor Edirlei, subiu à Tribuna para expressar sua opinião. “É um absurdo. Temos que pensar não somente nos caminhoneiros, mas também nos pais de famílias e trabalhadores”, disse. O presidente da Casa de Leis, o vereador Leandro Alves de Faria (PR), o Leandrinho, fez questão de registrar sua “indignação” sobre esta situação. “Esta moção deveria ser de repúdio. É inadmissível que a população brasileira seja afetada com estes aumentos abusivos”, argumentou.

Com Informações: Câmara Municipal de Suzano

Fechar Menu