Baleia Rosa: game incentiva pessoas a fazerem o bem

O jogo Baleia Rosa vem pra mostrar que o mal se combate com o bem.

O game, criado por dois brasileiros de São Paulo, é uma resposta positiva ao Baleia Azul, o jogo suicida que tem dado o que falar no mundo.

O Baleia Rosa traz desafios para valorizar a vida como: “Faça um novo amigo”, “Passe um dia sem usar palavras negativas”, “Com uma caneta rosa escreva na pele de uma pessoa quanto a ama”.

Os idealizadores são uma publicitária de 30 anos e um designer de 28, que preferem não aparecer neste primeiro momento.

“Dificilmente iremos tirar nossos nomes do anonimato porque a intenção é ajudar as pessoas”, disse a publicitária em entrevista ao SóNotíciaBoa.

Ela acredita que o foco deve ser nas atividades positivas que o game pode proporcionar para melhorar a autoestima das pessoas.

Eles querem que isso se espalhe, que vire algo bom para as pessoas e possa ajudar as crianças.

A ideia

Ela confirma que a ideia de criar o Baleia Rosa veio do Baleia Azul, mas com uma proposta completamente contrária.

“Eu fiquei muito impressionada quando soube desse jogo. Eu e um amigo decidimos então criar essas atividades que fossem positivas. A gente queria incentivar as pessoas a fazerem bem para outras”, contou ao UOL.

Sucesso

A página do jogo está gerando uma corrente do bem entre os usuários que, além de compartilhar os desafios, tiram fotos e postam nos comentários para provar que cumpriram as missões.

A página também tem recebido mensagens de adolescentes pedindo ajuda.

Por isso, a dupla de criadores buscou uma psicóloga que está respondendo às mensagens mais complexas.

“Está sendo muito gratificante o retorno que estamos tendo, tanto de pessoas buscando ajuda, quando de pessoas apoiando”, explica a publicitária.

Ela disse que não esperava que a repercussão fosse tão rápida: “De forma alguma! Pensávamos que ia ter no máximo 400 pessoas e virou uma bola de neve!”, concluiu.

Com Informações: UOL

Deixe uma resposta

Fechar Menu