Aulas de natação para crianças com síndrome de down são adiadas no Ginásio Paulo Portela
Foto: Diário de Suzano

Aulas de natação para crianças com síndrome de down são adiadas no Ginásio Paulo Portela

Cadastro das crianças foi feito no ano passado. Pais afirmam que os alunos estão ansiosos pelo início das aulas e pedem que os órgãos públicos reparem este problema. De acordo com informações da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, no caso específico da Natação PCD não houve procura de nenhuma entidade e por isso, até o momento, a modalidade não está sendo oferecida.

As aulas de natação, no Ginásio Paulo Portela, para crianças com síndrome de down foram adiadas por conta da falta de professores. Os pais dos alunos já fizeram o cadastro das crianças para o projeto que possuía previsão de inicio em fevereiro, mas foram surpreendidos com a informação de que o local estava sem professores.
De acordo com os pais, o cadastro das crianças foi feito no ano passado. Eles afirmam que os alunos estão ansiosos pelo início das aulas e pedem que os órgãos públicos reparem este problema. Segundo eles, a natação auxilia as crianças no processo de inclusão e desenvolvimento muscular do individuo.
O projeto é oferecido na piscina do Ginásio Paulo Portela e estimula a melhor formação dos músculos do corpo das crianças e resulta na melhora da respiração e combate de doenças relacionadas ao sistema respiratório. Além dos benefícios para o corpo, as aulas ajudam no processo de inclusão social dos participantes.
A frequentadora do local, Lúcia Maria Barbosa, que faz aulas de hidroginástica no ginásio afirma que o atraso no início das aulas pode ser prejudicial para as crianças. “Elas já se inscreveram no projeto e aguardam pelo inicio das aulas, esta espera pode deixar as crianças ansiosas. Espero que a Prefeitura resolva o problema de maneira mais rápida possível”, conta.
De acordo com informações da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, as modalidades oferecidas pela pasta se dão por meio de Edital Público. “Para 2019 foram abertos 22 projetos no Edital, mas no caso específico da Natação PCD não houve procura de nenhuma entidade e por isso, até o momento, a modalidade não está sendo oferecida”, afirma a pasta.
Ainda em relação ao problema da falta de professores de natação no Ginásio Paulo Portela, a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer afirma que já estuda alternativas para atender esta demanda, resolvendo o problema e dando inicio as aulas de natação.
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu