Aretha Franklin anuncia a sua retirada

Rainha da soul vai lançar último álbum em Setembro, com produção de Stevie Wonder.

A poucos dias de completar 75 anos, a cantora norte-americana Aretha Franklin (n. Memphis, 24 de Março de 1942) anunciou a intenção de se ir progressivamente retirando dos palcos ao longo de um ano.

Editar um novo (e último) disco em Setembro, seguido da realização de uma tournée, mas em datas e locais seleccionados, é o seu programa para os próximos meses.

A revelação foi feita numa entrevista ao canal regional de televisão Detroit WDIV Local 4, pertencente à NBC. “Vou retirar-me este ano”, disse a cantora ao jornalista Evrod Cassimy.

Na conversa, citada por jornais como o britânico The Guardian ou o espanhol ABC, Aretha Franklin, também conhecida como “a rainha da soul”, explicou que essa retirada não será completa. “Estou muito agradecida e satisfeita com a minha carreira, e com aquilo que conquistei até agora. Muito satisfeita. Mas não vou ficar sentada, sem fazer nada. Isso não seria bom”, acrescentou, manifestando a sua intenção de continuar a fazer concertos, “uma vez por mês, mas durante não mais do que seis meses por ano”.

Paralelamente, a intérprete de Respect quer dedicar mais tempo aos netos, que estão já em idade de entrar na universidade.

Sobre o novo disco, adiantou que será exclusivamente composto por canções originais, e a maior parte delas será produzida por Stevie Wonder. “E Stevie, só há um, não é?!”, exclamou, referindo-se à singularidade do autor de Superstition.

Entusiasmada com o novo álbum – numa carreira com muitas dezenas de gravações, o seu último registo é Aretha Franklin Sings the Great Diva Classics, de 2014 –, a cantora diz que só anseia é “entrar em estúdio”. E acrescenta que o disco será muito variado. “Não estamos presos a uma só coisa”.

A gravação será feita integralmente em Detroit. “Eu mantenho os meus negócios em Detroit, ou o mais perto de Detroit possível”, justifica.

Nos últimos anos, Aretha Franklin tem visto a sua carreira perturbada por problemas de saúde. Em 2010, foi obrigada a cancelar uma série de concertos e submeteu-se a uma operação abdominal, mais tarde justificada pela necessidade de remover um tumor. Também no ano passado teve de anular vários concertos por razões de saúde.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

Fechar Menu