1ª Cia da PM fica pronta em agosto

As obras da sede da 1ª Cia do 32º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Suzano, está prestes a ser concluída

As obras da sede da 1ª Cia do 32º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Suzano, está prestes a ser concluída. O espaço que receberá a equipe da PM está situado entre as ruas Luiz Bianconi e José Renzi, no Jardim Vitória. A previsão é que o prédio seja inaugurado no próximo mês, quando a reforma do Pronto Socorro (PS) Municipal Infantil também deve ser entregue. As informações foram adiantadas pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR), no início da tarde de ontem.
Atualmente, a corporação da 1ª Cia funciona na sede do Batalhão, localizado na avenida Paulista, no bairro Monte Cristo. A estrutura física que abrigará os policiais da 1ª Cia já existe. O espaço começou a ser reformado no início deste ano.
 
Na época, o prefeito havia destacado que o local é estratégico, pois dá fácil acesso a outros bairros da cidade como Palmeiras e Casa Branca. “A 1ª Cia do Batalhão não tinha a devida sede, que deve ser entregue no mês que vem em um prédio totalmente novo, no Jardim Vitória”, destacou o republicano. Até junho, as obras estavam com 60% concluídas. O espaço também já recebeu as pinturas com as cores da Polícia Militar.
Ashiuchi também lembrou que a base da PM, instalada na Casa Branca, poderá receber um projeto para ser compartilhada entre a polícia e a Guarda Civil Municipal (GCM). No entanto, essa possibilidade ainda não foi confirmada, pois está em fase de tratativas. “Já falei com a empresa que é dona da base para fazer um acordo para a doação do espaço para a municipalidade”, disse.
 
Além da nova sede da 1ª Cia da PM, o prefeito adiantou que, em agosto, outros serviços devem ser entregues ao município. “No mês que vem, vamos inaugurar algumas obras na cidade, entre elas o PS Infantil, que vamos terminar o novo espaço”, afirmou o republicano.
 
UPA
 
O chefe do Executivo lembrou ainda que estuda a possibilidade de dar outra destinação ao prédio que seria a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Jardim Revista. “Se perguntar para todos os prefeitos, ninguém quer a UPA. O problema não é construir a UPA, o problema é a manutenção. O custo, hoje, é de R$ 1,2 milhão por mês. Temos outros projetos na Saúde, vamos priorizar a UBS do Jardim Revista”, disse. “Depois vamos falar também com o governo do Estado para fazer algum equipamento de Saúde no local, mas o espaço já está limpo. O prédio estava com 80% de conclusão, mas regrediu para 10%, pois roubaram telhado, janelas, portas e tudo que tinha lá”.
 
Com Informações: Portal News

Deixe uma resposta

Fechar Menu